Veja todas as fotos da Casa da Praia clicando nas imagens

♥ ALOHA PARA TODOS ♥!!!!
Aloha significa muito mais do que "alô" e "adeus" ou "amor", significa compartilhar (alo) com alegria (oha) da energia da vida (ha) no presente (alo)”.

Destaque - Imóveis de altíssimo padrão à Venda no Condomínio Costa Verde Tabatinga

domingo, 31 de janeiro de 2010

Sua Saúde agradece : Sucos naturais para combater o calor ! Casa da Praia Locação/Vendas de Imóveis alto padrão no Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.

O calor do verão pede hidratação intensificada. Entre as maneiras de se cuidar está a de saborear sucos. E as opções vão além das tradicionais com frutas. Também vale incrementá-las com hortaliças. O resultado turbinado  traz não só benefícios à saúde, mas também alguns à aparência, como ajudar a diminuir a indesejável celulite e a intensificar o bronzeado.
Sucos de frutas e hortaliças são boas opções para o verão
A mistura colabora com o bom funcionamento do organismo devido a presença de minerais, vitaminas e fibras. "Suco que deixa a pele mais firme é mito, mas pode deixá-la mais bronzeada em virtude do betacaroteno, precursor da vitamina A, presente em todos os vegetais de coloração verde, vermelha e amarelo-alaranjado. A fibra dos sucos à base de hortaliças é uma excelente alternativa para reduzir a celulite", disse a nutricionista Alessandra Paula Nunes, professora do curso de nutrição do Centro Universitário São Camilo.


Deu vontade de se deliciar com um suco? Siga algumas dicas básicas:



1) Prefira as frutas da safra, pois estão mais suculentas e baratas. A lista conta com abacaxi, coco verde, melancia, manga, melão, uva e limão. O limão e o abacaxi lideram o ranking da estação justamente pela refrescância que proporcionam. Combinam com alface, manjericão e hortelã.



2) Garanta o melhor aproveitamento dos nutrientes. Para isso, utilize hortaliças cruas. Tente não cair na tentação de coar a mistura. Coloque o mínimo de água possível com o intuito de evitar a diluição dos nutrientes. Consuma a bebida imediatamente após o preparo.



3) Sucos também conferem calorias. A maneira de evitar excessos é escolher uma fruta e vegetais folhosos com poucas calorias, como couve, agrião e salsa. Você pode consumir de três a cinco copos, medida que segue a recomendação de frutas por dia.



4) A maioria das hortaliças pode proporcionar um gosto amargo. Sendo assim, utilize a fruta em maior quantidade. Misture frutas de sabores doces com hortaliças fortes, como o agrião.



Ingredientes



Confira quais são os nutrientes e benefícios que algumas frutas e hortaliças mais requisitadas no verão oferecem:



Mexerica/Tangerina: O valor nutritivo varia de acordo com a espécie, mas sempre é fonte apreciável de betacaroteno e vitaminas B e C, além de, em menor grau, sais minerais como cálcio, potássio, sódio, fósforo e ferro. A vitamina C, o cálcio e o fósforo são essenciais para o desenvolvimento de dentes e ossos, e para a vitalidade dos vasos sanguíneos;



Coco: De maneira geral, apresenta bom teor de sais minerais (potássio, sódio, fósforo e cloro) e fibras, importantes para o estímulo da atividade intestinal;



Laranja: Fornece vitamina C, cálcio, fósforo e ferro. Melhora a imunidade, dá energia e contém antioxidantes, que ajudam a reduzir o colesterol, as inflamações e a bloquear as células cancerosas. Repleta de fibras, auxilia na diminuição dos problemas intestinais;



Limão: Rico em flavonoides cítricos, como a vitamina C, e tem importante função antioxidante. Fortalece a imunidade, ajuda na cicatrização de feridas, e fortifica as paredes dos capilares sanguíneos. Por ser antisséptico, é usado para tratar infecções respiratórias. A capacidade do limão de extrair e dissolver auxilia no tratamento tópico de furúnculos e abscessos. Estimula o fígado e pode ser usado como desintoxicante quando ingerido com água;



Maçã: Estimulante do fígado e dos rins, desintoxica. Repleta de pectina, que se liga às toxinas e ao colesterol, expelindo-os do organismo; e em ácido málico, que colabora com o corpo para gastar energia de forma eficiente. Contém quercetina, anti-inflamatório que diminui o risco de problemas cardiovasculares. Também fornece minerais (como ferro e fósforo) e vitaminas B1, B2 e niacina;



Maracujá: Rico em vitamina C e vitaminas do Complexo B (B2 e B5), contém também quantidades razoáveis de sais minerais como ferro, cálcio e fósforo;



Agrião: Conta com vitamina C e é considerado uma das principais fontes de betacaroteno, excelente para manter o viço da pele. Apresenta ainda vitaminas do Complexo B (responsáveis pelo crescimento). Tem alto teor de sais minerais (como iodo, enxofre, fósforo e ferro), que são importantes para o funcionamento da glândula tireoide, ajudam na formação de ossos e dentes, evitam a fadiga mental e estão ligados à produção de glóbulos vermelhos do sangue;



Alface: Oferece as vitaminas B e C, e minerais (cálcio, fósforo e ferro). Entre suas propriedades está a de calmante e remédio contra insônia;



Almeirão: Fonte de betacaroteno, ferro e fibra. Tem baixa quantidade de cálcio, além de ácido fólico, útil para mulher na idade fértil e durante a gestação, porque auxilia na formação do tubo neural do feto. É utilizado ainda em tratamentos de fígado e vesícula biliar;



Cenoura: Tem betacaroteno, importante para a saúde dos olhos, da mucosa e da pele. Contém vitamina C, B2 e B3, potássio, fósforo e fibras.
fonte - terra
maria.luiza113@terra.com.br - aluguel da casa da praia - condomínio costa verde tabatinga - consulte valores
011 9535 8154
vendas de imóveis de alto padrão no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

sábado, 30 de janeiro de 2010

Como viver mais feliz : Positive-se !!! - Casa da Praia - Locação de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral norte paulista -


Aprenda 7 dicas para espantar a negatividade da sua vida


Michelle Achkar



Explosões de raiva, palavrões, nervosismo, impaciência. Tudo isso hoje é atribuído ao ritmo de vida estressante e aceito como 'parte do jogo'. Muitos consideram normal viver com medo, ansiedade, dúvida, mas, ao mesmo tempo, o desejo é de se livrar desses sentimentos.



» Siga o Terra no Twitter

» vc repórter: mande fotos

e notícias

» Chat: tecle sobre o assunto



Além de impactos negativos na saúde e vida social, tais atitudes não prometem trazer nada de bom nem a curto nem a longo prazo. "As leis que regem o universo são dinâmicas e estão em contínuo movimento. Uma delas, a do dar e receber, diz que tudo o que se joga, colhe-se na direção oposta e na mesma intensidade", disse Márcia de Luca, especialista em ioga e medicina ayurveda e fundadora do do Ciymam, Centro Integrado de Yoga, Meditação e Ayurveda, em São Paulo.



Com isso, a especialista quer dizer que tudo o que é projetado no inconsciente coletivo irá retornar a você. Se xingou, será xingado, se espalha raiva, irá receber demonstrações iradas em sua direção. E não fique tranqüilo se você não expressar seus sentimentos, pois o mesmo vale para os pensamentos. "Pensamento tem poder, não devemos policiar apenas os atos, mas também o que pensamos", disse.



Para reverter esse quadro, a recomendação é apenas disciplina. Márcia diz que sempre que um pensamento negativo vier à mente, a pessoa deve pensar numa frase oposta para espantar essa vibração. "A criação de um novo hábito pede disciplina, toda ação gera memória nas nossas células que desejam repeti-la", afirmou.



A negatividade pode também trazer consequências físicas. Mente e corpo estão ligados. Pesquisas médicas apontam que se sentir mal o tempo pode levar a problemas de saúde. Portanto, o primeiro passo para ter mais disposição pode ser mudar a atitude mental em vez de achar que vai conseguir ser mais positivo apenas quando conquistar um novo emprego ou sair de férias, por exemplo.



Para ajudar a acelerar esse processo de criação de um novo estilo de vida, a especialista em hipnose norte-americana Michelle Beaudry, autora de Release Negativity and Restore Your Spirit (Libere a Negatividade e Recupere seu Espírito) ensina sete passos em direção a uma vida e mente mais positivas. "Sentir-se bem é um processo", disse.



1) Visualização

Equipes esportivas usam a técnica de visualização - segurando troféus, por exemplo - para melhorar seu desempenho há décadas. Esse método usado para gerar expectativas positivas pode ser usado também para eliminar a negatividade. Tente visualizar-se eliminando sentimentos de ódio, medo, abandono, vergonha, entre outros, que vem acumulando ao longo dos anos.



2) Peça ajuda para o divino

A especialista afirma que não importa que nome dê a ele, se Deus, universo, deusa. Não faz diferença a religião ou crença. Pense que à medida que vai liberando toda essa carga negativa de você, algo maior estará trabalhando para transformá-la em algo bom para o universo.



3) Livre-se da energia negativa

O corpo é feito de células, que são feitas de moléculas, que são feitas de átomos, que são energia. Portanto, nosso corpo é pura energia. Lembranças e emoções ficam armazenadas no corpo. Isso significa que quando se livrar da negatividade, estará eliminando energia negativa.



4) O que eliminar

Medo, raiva, ira, abandono, rejeição, culpa, vergonha, preocupações, apatia, egoísmo, desgostos. A lista de sentimentos e pensamentos a eliminar deve ser grande. E pode ser necessário visualizar essa eliminação várias vezes para remover sentimentos mais antigos e arraigados.



5) Sentimento de alívio

Muitas pessoas preferem não relembrar experiências negativas com medo de vivê-las novamente. Eliminar tais sentimentos ruins não significa que você terá de experimentá-los novamente. A sensação de eliminar medo ou raiva será apenas de alívio. Não é necessário ficar receosa de reviver momentos difíceis ou sentir o mesmo pesar novamente. Será como tirar um gorila das costas ou jogar for a uma bagagem que já não lhe serve mais.



6) Exercício simples

Em um quarto silencioso e em posição confortável, imagine que está um lugar bonito com os braços estendidos para cima e que olha para o alto, para seu deus ou força maior. Pense no sentimento negativo do qual pretende se livrar e sinta como se ele saísse fisicamente do seu corpo, percorrendo braços e mãos em direção ao alto. Se quiser, enquanto realiza a visualização repita a frase: "Eu me livro de tudo o que está impedindo a realização dos meus objetivos." Repita para cada sentimento ou pensamento que quiser eliminar e quantas vezes achar necessário.



7) Preencha o espaço com coisas positivas

A especialista recomenda que os espaços abertos com a eliminação de sentimentos e pensamentos negativos sejam preenchidos com coisas positivas. Uma dica é visualizar sentimentos como força pessoal, amor, aceitação e paz interior como se estivessem ocupando todo seu ser, envolvendo o corpo e preenchendo o corpo. Assim como o exercício feito eliminar a negatividade, este também pode ser repetido sempre que quiser. Fonte - Michelle Achkar - Terra

maria.luiza113@terra.com.br -
casa da praia - locação de temporada - condomínio costa verde tabatinga - çonsulte valores de diárias
vendas de imóveis alto padrão no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

As belezas da Serra do Mar - Casa da Praia - Locação de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral norte paulista

O Projeto Verão, desenvolvido nas unidades de conservação litorâneas, consiste na divulgação dos parques por meio do Projeto Trilhas de São Paulo.
O objetivo é que as pessoas conheçam o parque, e principalmente que a população e os visitantes saibam que em Caraguá existe uma unidade de conservação e da sua importância  e valor para o Litoral Norte , tanto na proteção, quanto no ecoturismo,

casa da praia - locação de temporada - condomínio costa verde tabatinga - litoral norte sp
maria.luiza113@terra.com.br
consulte valores de diárias - 011 9535 8154

vendas de imóveis no CCVT :
renatomozartimoveis.blogspot.com
012 9738 2997

Alugue Temporada - Casa da Praia - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP - SIRI


Caranguejos e Siris



Todos caranguejos possuem pernas que acabam em unhas, salvo aqueles cujas últimas pernas terminam em nadadeiras, que recebem então, o nome de siris (figuras acima). Aqui apresentamos um alista de siris e caranguejos, sendo que alguns, segundo a orientação acima, mesmo que chamados erroneamente de siris, seriam de fato caranguejos pois que as últimas pernas não terminam em nadadeiras. Ao lado desses colocamos o nome caranguejo entre parênteses.



Há diversos tipos e espécies de siris. Siris habitam os mares e caranguejos, em sua maioria, habitam os manguezais. O crescimento de ambos, se dá com a muda da casca de tempos em tempos. Assim que o Siri deixa sua antiga carapaça, a nova, ainda mole, endurece em poucos dias, daí originando o termo inclusive culinário de "Siri Mole". Em Itanhaém já foram encontrados diversos tipos de siris, a saber: o Siri Azul, o Cinza, o Verde (caranguejo), o Vermelho Escuro e a novidade; já foram avistados siris Vermelhos Claros (caranguejo) de uma outra espécie, nas pedras da costeira, os quais costumam habitar ilhas longínquas e são conhecidos como Maria Mulata. Outros encontrados em Itanhaém são o Siri Patola (caranguejo); o Siri Colorido (caranguejo), de formato igual ao Siri Patola, mas bem menor; os Siris Diminutos, que achatados e compridos, habitam as areias das praias e por serem transparentes e justamente diminutos (acerca de 3 cm) são pouco ou quase nunca notados, os Siris de Mangue ou Chama-Maré (caranguejo) (diferentes do caranguejo de mangue), os quais, embora bem pequenos, os machos ostentam uma das pinças de tamanho desproporcional; os Siris Brancos ou Maria Farinha (caranguejo) que vivem na praia ao longo do Rio Itanhaém, e; os Siris Aranha, que na realidade são caranguejos, capturados acidentalmente nas redes na pesca do camarão próximo à costa em Itanhaém.



Os Siris Azuis (Callinectes Sp.) e os Cinzas (também chamados de Siris Chita) - Arenaeus Cribarius, são parecidos, mudando apenas a cor. A natureza dotou esses animais com a mesma cor do ambiente em que vivem para que possam camuflar-se com perfeição (mimetismo). Desta forma, os siris azuis são acinzentados no dorso e azul claro e meio escuro nas pinças e dos lados da carapaça, desaparecendo por completo embaixo d'água. Nas areias cinzas como as do Rio Itanhaém e da Praia do Peruíbe e de todo Litoral Norte, são encontrados siris cinzas, cujas carapaças possuem micro bolinhas brancas, simulando perfeitamente a cor da areia. Ambos são bravios e não hesitam em dar pinçadas muito doloridas. Se forem grandes, suas pinças podem cortar a pele. Somente atacam se ameaçados. Os Siris Verdes (caranguejos) são de tamanho pequeno, cabem na palma da mão. Possuem um tom marrom bem escuro, imitando as pedras lustrosas com traços de verde para fazê-los se camuflar com as algas.



fonte -itanhaemvirtual
maria.luiza113@terra.com.br - casa da praia locação de temporada - condomínio costa verde tabatinga
vendas de imóveis alto padrão no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Clara e Arejada num cenário perfeito - Casa da Praia - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Aluguel de Temporada - Litoral Norte SP



Clara e Arejada num cenário perfeito - Casa da Praia - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Aluguel de Temporada - Litoral Norte SP.


Telhado com manta térmica .

Ventiladores de teto em todos os ambientes.

Mobiliada e Decorada.

Dista 300 metros do mar.

Está locada na rua paralela à Av. Beira Mar.

5 dormitórios, sendo 2 suites, com : 4 camas de casal, camas de solteiro e beliche.

Acomoda 14 pessoas, confortavelmente, nos dormitórios.

4 banheiros.

4 salas : Sala de Estar, Sala de leitura e internet, Home theater e Sala de Jantar.

Cozinha americana Planejada, com : 2 geladeiras, fogão de 6 bocas, microondas e todos os utensílios.

Varandas com vista panorâmica para a Mata Atlântica.

Ampla área de Lazer - Espaço Gourmet 130 m2 com : fogão, geladeira, freezer vertical, forno de pizza/lenha, churrasqueira, lava roupas, piscina.

Jardim com 1.200 m2.

Garagem descoberta para 6 carros.

TV à cabo - Speedy/wireless.TV Full HD 42, Tvs de 33, 29 e 20 - DVD - Som ambiente.

O Condomínio

Praia de areia branca e águas tranquilas, cercada de coqueiros que dançam ao ritmo da brisa, que nunca cessa.

O Condomínio Costa Verde Tabatinga, é um desses paraísos tropicais que ilustram folhinhas e povoam o imaginário das pessoas.

Segurança 24 hrs - Efetivo Humano e câmeras de monitoramento

Captação e distribuição de água - Sistema de Tratamento de Esgoto

Quadras Poliesportivas , Playgrounds, PiscinasLan House , Academia de Ginástica, Hotel ,Pizzaria, Mini-Mercado, Posto médico com UTI móvel

Rodovia SP 55, 2500 - Caraguatatuba - Litoral Norte, SP.Coordenadas GPS 23° 34' 115 S 45° 16' 573W

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Casa da Praia - Aluguel de Temporada - Litoral Norte SP - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Verão 2010


Verão 2010-

São poucos os dias que cai uma chuva fina aqui na Tabatinga
O sol tem iluminado invariavelmente todos os dias deste verão
Enjoy!!!!

maria.luiza113@terra.com.br
011 9535 8154
casa da praia locação de temporada no CCVT

vendas de imóveis de alto padrão no CCVT:
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997 - consulte oportunidades de compra de imóveis.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Casa da Praia Tabatinga - No melhor Condomínio fechado pé na areia do lit.norte - Condomínio Costa Verde Tabatinga !


A Casa da Praia recebe hoje o último grupo de pessoas que locaram em janeiro. Ficarão até dia 01.02.2010, quando a casa estrá novamente disponível para Locação.
Esteve locada desde o dia 20.12.2009 e passará por uma manutenção no começo de fevereiro.
Venha conhecer!
Agende uma visita
maria.luiza113@terra.com.br
011 9535 8154
vendas de imoveis no CCVT
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Você já achou a sua fantasia para o Canaval/2010? Casa da Praia - Locação de Temporada no Condomínio Costa Verde Tabatinga - Lit. Norte SP.


Você já providenciou sua fantasia para o Carnaval?
Achamos esta aí da foto bem original...
Venha passar o Carnava/2010 no Condomínio Costa Verde Tabatinga
Casa da Praia - maria.luiza113@terra.com.br
011 9535 81 54
Vendas de Imóveis de alto padrão no CCVT -
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Primeiro barco brasileiro movido a energia solar navega na Amazônia - Casa da Praia - Locação de Temporada de Imóveis alto padrão no Condomínio Costa Verde Tabatinga - Lit. Norte - SP.


Primeiro barco brasileiro movido a energia solar navega na Amazônia
Enquanto a energia solar é gratuita e não polui, um pequeno barco convencional gasta em média R$ 500 em óleo diesel para navegar durante oito horas, o que equivale à duração da bateria do Seisuí.


O Seisuí atinge a velocidade de 25 quilômetros por hora, semelhante à de um pequeno barco tradicional.




28/08/2008 - Uma pequena embarcação para quatro pessoas, que usa a luz do sol como combustível, começou a circular neste mês nas águas do Rio Amazonas. É o barco Seisuí 1, que está sendo testado em passeios ecológicos de hóspedes de um hotel da região.

O fabricante do barco solar é o empresário mineiro Fernando Garcia, que vive há 30 anos em Manaus. Garcia, sócio de uma empresa que produz estações de tratamento de esgoto, diz que teve a idéia de fazer um protótipo do barco solar há um ano e meio. Ele acrescenta que o projeto é pioneiro no Brasil, mas dez países já testaram a tecnologia, entre eles Inglaterra e Noruega.



O empresário explica como funciona o motor do Seisuí, palavra japonesa que significa “água limpa”: "Os painéis solares captam a luz do sol, geram 150 watts cada um, com 21 volts de corrente. Esse painéis alimentam as baterias e o gerenciador de energia dos motores".



A energia solar também abastece uma bateria reserva para navegar à noite ou em tempo nublado ou chuvoso. O barco é equipado com um pequeno motor convencional movido a álcool e leva alguns litros do combustível para o caso de falha no sistema elétrico, que está em fase de testes.



O Seisuí atinge a velocidade de 25 quilômetros por hora, semelhante à de um pequeno barco tradicional na região, equipado com motor a diesel de15 hp e com dez toneladas de peso. A vantagem do modelo solar, segundo Garcia, é o peso. Como o casco é feito em alumínio, o Seisuí pesa apenas 250 quilos.



O construtor do Seisuí aponta outra vantagem do protótipo para os rios da região. '' Além da energia alternativa, é uma embarcação extremamente segura, muito difícil de naufragar e praticamente impossível de virar. Nós estamos precisando de novas tecnologias nessa área aqui no Amazonas".



Garcia diz que o projeto tem despertado interesse, e 22 barcos já foram encomendados. Entre os pedidos, há dois hotéis na selva amazônica, uma prefeitura do Sul do país, que quer disponibilizá-lo para passeios turísticos em lagos. Há também um pedido do barco para o monitoramento da qualidade de meio ambiente no Pantanal Matogrossense.



O construtor não divulga o preço do barco, mas afirma que a economia compensa. Enquanto a energia solar é gratuita e não polui, um pequeno barco convencional gasta em média R$ 500 em óleo diesel para navegar durante oito horas, o que equivale à duração da bateria do Seisuí
Por Leandro Martins, da Rádio Nacional da Amazônia

maria.luiza113@terra.com.br
011 9535 8154
Vendas de imóveis no Condomínio Costa Verde Tabatinga, consulte :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997


segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Segurança e Privacidade - Beleza Natural e Sofisticação !!!! Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP


O mais belo e privativo condomínio do litoral norte paulista - Condomínio Costa Verde Tabatinga !
Venha conhecer as oprtunidades de compra e locação de imóveis alto padrão
casa da praia - locação de temporada - maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154
vendas - http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

domingo, 24 de janeiro de 2010

NUNCA LEVE SEU CÃO À PRAIA - Casa da Praia - Locação de temporada no Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.


Se leva, fique sabendo que esta é uma prática nada bem vista pelas autoridades sanitárias e pelos médicos veterinários de um modo geral. As razões para tanta preocupação dizem respeito aos acidentes que ocorrem em praias e outros locais públicos envolvendo animais que geralmente são levados a passear soltos e acabam por ferir alguém; à possibilidade de transmissão de doenças que podem afetar as pessoas e também pelo aspecto da própria saúde do animal, às vezes apresentando problemas pelo excesso de calor, ingestão de restos de peixes e crustáceos , areia ou água salgada.




Os acidentes são de prevenção relativamente fácil devendo apenas o proprietário do animal seguir certas recomendações como, por exemplo, sair sempre com o animal na coleira, evitar de levar animais bravos ou difíceis de controlar a locais onde brincam crianças ou transitam muitas pessoas. Já as Zoonoses (doenças transmitidas aos homens pelos animais) exigem para sua prevenção um certo grau de informações específicas, principalmente sobre o agente etiológico( organismo que causa a doença) e os modos de transmissão.



Abordaremos uma doença de pele que é transmitida por contato com locais contaminados por fezes de cães e gatos. Larva migrans cutânea, também conhecida com dermatite serpiginosa, é doença comum em nossa região e é provocada por larvas de Ancylostoma caninum (verme comum em cães e gatos) e que provoca erosões e pequenas elevações na pele em formato ondulante com muito prurido (coceira) e que se complicam freqüentemente com infecções secundárias.



As partes do corpo mais afetadas são os pés, pernas e mãos. As pessoas geralmente adquirem a doença por contato com areia ou terra contaminadas com fezes de cães e gatos portadores de vermes adultos. Juntamente com as fezes desses animais são eliminados ovos que, após alguns dias, eclodem liberando as larvas. Estas larvas são muito resistentes às ações do meio ambiente tais como calor, frio, umidade e seca e podem permanecer no ambiente até cerca de um ano.



As medidas de prevenção consistem na manutenção dos animais em condições higiênicas; realização de exames de fezes periódicos (no mínimo de 6 em 6 meses) para controle e tratamento dos casos positivos; evitar que os animais contaminem com fezes as áreas públicas como praças, parques, jardins e principalmente as praias. fonte - saudeanimal.
maria.luiza113@terra.com.br - casa da praia - aluguel de temporada - CCVT
011 9535 8154

Vendas de imóveis alto padrão no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Baleia Beluga quase engole a Câmera !!!! Casa da Praia - Aluguel de temporada no Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.


Mergulhadores foram até o oceano Ártico para um encontro raro com um grupo de baleias beluga (Delphinapterus leucas), também conhecidas como baleias-brancas, em um santuário no Mar Branco, no norte da Rússia. Enquanto fotografavam a poucos metros dos animais sob a luz obscurecida por camadas de gelo, uma das baleias confundiu a câmera de um dos mergulhadores com comida e tentou abocanhá-la. As informações são do jornal britânico Daily Mail.




A área, batizada de "fazenda natural", é uma espécie de centro de reabilitação mantido por biólogos marinhos da Universidade de São Petersburgo para preservação e reprodução das baleias beluga. Apesar de não estar em extinção, a espécie tem sido consideravelmente prejudicada pela poluição e perda do habitat.



A baleia beluga é uma ótima caçadora e se alimenta de uma grande variedade de peixes, moluscos e crustáceos. Um exemplar adulto pode medir até 5 m de comprimento e pesar cerca de 1,5 t
fonte -Terra
maria.luiza113@terra.com.br - aluguel de pemporada no ccvt - casa da praia - consulte valores
011 9535 8154
vendas de imoveis no CCVT
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

A ÁGUA DO MAR TEM COR ???? Casa da Praia Locação de Temporada - Litoral Norte SP - Condomínio Costa Verde Tabatinga


A água do mar é transparente. Mas ele parece azul, verde ou até cinzento. A cor muda de acordo com a cor do céu, que se reflete nele. Também depende da cor da terra ou das algas transportadas pelas suas águas.




A partir de certa profundidade, as cores começam a sumir do fundo do mar. A primeira cor a desaparecer é a vermelha, aos seis metros. Depois, aos quinze, some a amarela. Até chegar a um ponto em que só se verá o azul.
fonte -colegio perfil


maria.luiza113@terra.com.br - casa da praia locação de temporada CCVT
011 9535 8154
 
vendas de imóveis no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/

Aguá de Coco - Refresca e Nutre - Casa da Praia - Locação de Temporada no melhor condomínio fechado pé na areia do litoralnorte paulista - CONFIRA!!!!


O verão está no maior pique, com as temperaturas cada vez mais altas. Com esse calorão, acabamos transpirando mais; por isso, o cuidado com a hidratação deve ser em dobro. E ingerir líquidos é a melhor forma de repôr os minerais perdidos com o suor.




Uma ótima pedida é a água de coco. Rica em sais minerais e potássio, ela é praticamente um isotônico natural. Além disso, é saborosa, nutritiva, auxilia o sistema imunológico, aumenta a resistência contra infecções e melhora o funcionamento do intestino.



Mas os benefícios da bebida não param por aí: os mais preocupados com as calorias podem ficar tranquilos, porque um copo com 100 ml de água de coco tem, em média, 22 calorias - ou seja, equivale a uma laranja. A ressalva é com relação à polpa da fruta, que, por ser rica em gorduras, deve ser consumida com moderação.



No mais, aproveite o verão debaixo do guarda-sol, com muito protetor solar e água de coco!



Fonte -Redação Custom Editora

Especial para Terra
maria.luiza113@terra.com.br - casa da praia - locação de temporada - consulte valores de diárias.
vendas de imóveis de altíssimo padrão no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

sábado, 23 de janeiro de 2010

Cabelos sempre lindos, apesar da piscina, COMO ??? Casa da Praia - Aluguel de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.



Proteja sua pele e seus cabelos da ação do cloro


As altas temperaturas do verão estão convidativas para um bom banho de piscina. É uma delicia nesse calorão! O problema é que a maioria das pessoas só lembra do quanto a piscina faz bem a elas e esquece de se proteger de algo que faz muito, muito mal: o cloro.



Você pode dar sorte de nadar em uma piscina sem cloro – hoje em dia, grande parte das academias e alguns clubes substituíram o uso dessa substância por água salinizada – mas, se ele estiver presente, vai prejudicar muito sua pele e seus cabelos se você não tomar alguns cuidados essenciais. Confira dicas para cuidas dos fios e da pele.



ANTES DA PISCINA



Mantenha a película protetora da pele

"Nunca lave o rosto com sabonete antes de entrar na piscina, pois isso dá uma quebrada na película protetora da pele e ela fica mais exposta", diz a esteticista Roseli Siqueira.



Cuide da alimentação

A alimentação é muito importante para o bem estar da pele. Mas também é preciso lembrar de consumir alimentos que mantenham a sua emulsão epicutânea natural, que é essa pequena oleosidade protetora. Incluir em suas refeições diárias uma colher de azeite é uma boa maneira de fazer isso.



Aumente a resistência da pele

Antes de entrar na piscina com cloro, use produtos à base de lipossomos e ceramidas. O lipossomo encapsula as células, impedindo o contato delas com o cloro. As ceramidas retêm a água do corpo, o que também funciona como uma película de proteção.



Dê uma 'selada' nos fios

Hoje em dia, existem alguns produtos que dão uma selada nos fios e impedem que, tanto o cloro quanto os raios solares penetrem neles. O ideal são os sprays, pra não deixar o cabelo melecado. Esses produtos podem ser usados antes e depois do seu banho de piscina, pra continuar protegendo os fios dos efeitos do sol.





DEPOIS DA PISCINA



Limpeza completa da pele

É muito importante tirar da pele toda a sensação de cloro. O ideal é limpá-la em algodão embebido com chá ou loção. “Eu gosto de usar demaquilante, pois tem um pouquinho de óleo”, diz Roseli Siqueira.



Elimine todo o cloro dos fios

Depois de expor o seu cabelo é preciso eliminar todo o cloro, e os xampus e condicionadores comuns geralmente não atuam de forma tão completa. O ideal é lavá-los com um produto antirresíduo para tirar o excesso, sugere a cabeleireira e maquiadora Juliana Barbosa.



Atenção especial aos olhos

Como a área dos olhos é muito fininha, tende mais a secar e, assim, escurecer, enrugar. Então, é importante fazer compressa nos olhos para hidratar. Faça uma compressa de água de rosas e mel, por exemplo.



Hidrate seu cabelo

O cloro é muito agressivo. “Ele penetra nos fios, endurece o cabelo e o deixa esverdeado”, conta Juliana Barbosa. Por isso, mesmo que você o proteja, é importante aplicar uma máscara hidratante pra dar uma revitalizada.



Se os cabelos esverdearem

Dê uma primeira lavada com detergente e só depois aplique o xampu e o condicionador normalmente. Se ainda não sair, depois de três ou quatro dias use de novo. Também aplique uma máscara hidratante após o banho. "Mas tem que ser máscara branca, porque se houve alteração na cor dos cabelos, é sinal de que a melanina está sensível", explica Juliana.



Para quem está sempre na piscina

Outra dica importante, principalmente para quem faz natação ou está sempre na piscina, é ter um cuidado mais especial com a pele uma vez por semana. “Se você vai para a piscina na quarta e na sexta, por exemplo, aplique uma máscara hidratante durante 15 minutos no sábado”, ensina Roseli Siqueira.



Um carinho especial

A pele precisa ser respeitada. Que tal dar uma atenção especial a ela? Faça uma massagem e dê beliscões largos para ativar a circulação e trazer mais vitalidade.



Proteja sua touca de natação

Essa é para quem faz natação: para que a touca de silicone não saia da sua cabeça, depois que lavar a touca seque direitinho e passe um pouco de talco.

fonte GNT

maria.luiza113@terra.com.br
011 9535 8154 - consulte valores de diárias
Vendas de imóveis de altíssimo padrão no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Para Comer à Beira Mar .... Casa da Praia Tabatinga - Locação de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.



SPAGHETTI COM CAMARÃO GRAÚDO


À beira-mar (ou em qualquer lugar), esta é uma receita perfeita para almoços de verão



A receita é fácil de fazer e deliciosa, perfeita para o verão. É o spaghetti com camarões, que transforma qualquer cozinheiro de final de semana em chef ao olhar dos amigos. Confira a receita e reúna a galera para um alentado e divertido almoço.



Ingredientes

500g de spaghetti

1,5 kg de camarões graúdos limpos

4 tomates bem maduros picados

2 colheres (sopa) de alcaparras

3 dentes de alho

2 cebolas médias

1/2 xícara de azeite (virgem, de preferência)

3 colheres (sobremesa) de extrato de tomate

5 colheres (sopa) de salsinha picada

Pimenta-do-reino e sal gosto



Modo de preparo

Primeiro, termine de limpar os camarões com um pouco de limão – e peneire-os. Depois, tempere os camarões com sal e pimenta-do-reino a gosto. Reserve-os. Cozinhe, então, o spaghetti em água fervente com sal e um fio de azeite. Quando estiver al dente, escorra e reserve (não se esqueça de jogar mais um fiozinho de azeite na massa, para que ela não grude). Numa panela larga (de preferência uma frigideira com bordas mais altas), coloque o azeite e doure o alho, a cebola e os camarões. Depois, acrescente os tomates picados, o extrato de tomate, sal e pimenta a gosto. Abaixe o fogo, deixe ferver por alguns minutos e vá colocando água até que o molho adquira a consistência desejada (aí quem manda é você). Uma vez pronto, adicione a salsinha e desligue o fogo. Numa travessa refratária, coloque o macarrão, o molho e, então, as alcaparras. Não se esqueça de decorar com alguns camarões. É sucesso garantido!



Redação Custom Editora

Especial para Terra

maria.luiza113@terra.com.br 011 9535 8154 - consulte valores

Vendas de imóveis no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Clima de pré-Carnaval na Casa da Praia - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP - Aluguel de Temporada


A turminha  pequena já está em ritmo de carnaval na Casa da Praia l!!!
AlalaÔÔÔÔÔ!!!

casa da praia - locação de temporada CCVT -
maria.luiza113@terra.com.br
011 9535 8154

Vendas de imóveis no CCVT -
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Casa da Praia - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Locação de Temporada - Litoral Norte SP - A Vida é uma superação diária!


Vivemos em um momento em que nossa fragilidade é evidenciada todo tempo. A vida não tem sido fácil para nenhum de nós e a sensação mais forte é a de que somos testados e lançados ao encontro de nossa capacidade de superação. Nossas mentes e emoções têm sido exigidas até quase o seu limite. Se fizermos um balanço de como eram as nossas vidas e sentimentos há 15 anos atrás, poderemos perceber que tudo era bem mais fácil.

Aprendemos que a melhor saída é evitar excessos emocionais, no entanto, como evitá-los se diariamente somos colocados diante de novos desafios? O significado da palavra emoção, pelo dicionário Houaiss é "agitação dos sentimentos". E certamente, todos sabemos perfeitamente o que isso quer dizer. Tornamos-nos malabaristas estressados com a necessidade de cumprir metas e resultados no mundo pessoal e profissional. Precisamos vencer e nos superar a todo momento.
O que não entendemos é que não existem emoções boas ou más, pois, na verdade, o efeito que causam em nós e em nossas vidas depende da maneira que lidamos com elas. Equilíbrio emocional e flexibilidade caminham juntos e exigem destreza, auto conhecimento e habilidade psíquica. Mas até onde somos livres para escolher e lidar com emoções perturbadoras como a paixão e o medo? Como podemos superar nossos limites quando somos remetidos para esse lugar que geralmente fica escondido dentro de nós? Compreender nossos processos mentais e emocionais é o primeiro passo, pois só podemos transformar aquilo que conhecemos.
Conhecendo esses processos, faremos escolhas mais acertadas e ficaremos cada vez menos à mercê de forças desconhecidas por nós. Quem de nós não deseja, (e eu diria que isso deve ser a meta de todos nós nesta vida) cultivar emoções serenas e saber manter o controle do desespero nas difíceis adversidades? As emoções desempenham um papel fundamental nas avaliações e escolhas que fazemos. O que aprendemos a sentir (digo aprendemos por que de fato existe um padrão de funcionamento cristalizado em todas elas) influi diretamente em nossas crenças, nossa saúde e até nossa fisionomia. Algumas reações emocionais são tão arraigadas que acabam por ser desencadeadas antes mesmo de nos darmos conta delas.
Em uma situação de estresse nosso ritmo cardíaco aumenta, a respiração se acelera, os músculos ficam tensos, os vasos sanguíneos se contraem e a pressão arterial se altera. Os traços ficam mais tensos, as sobrancelhas franzidas, os punhos se fecham e a voz mais baixa. Sem falar nas discussões desnecessárias que muitas vezes provocamos pela falta de controle. Em minha maneira otimista de ver a vida, percebo que, mais uma vez caminhamos, unidos à conivência do Universo, em direção ao processo evolutivo.

Quanto mais somos exigidos pela vida, maiores serão os recursos internos que precisaremos descobrir e disponibilizar se quisermos continuar vivos. Infelizmente, a vida neste planeta tem como regra o aprendizado e a expansão de nossa consciência através da dor. O amor ainda faz parte de um longo aprendizado e ausência das dificuldades com as diferenças. Alguns mestres nos ensinam que todos dispomos de mecanismos internos de expansão de consciência que nos leva a uma supra consciência e à natural renuncia e contato com experiências transpessoais que acabam por desenvolver afetos superiores e um maior senso de equilíbrio do eu. Devemos, portanto fazer uma escolha em direção à simplicidade do ser, do existir e do ter, mais conectados à nossa verdadeira essência humana.
fonte - terra =Eunice Ferrari

maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154 - consulte valores de diárias.
vendas de imóveis no ccvt -
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Necessaire de Verão - Casa da Praia - Locação de temporada no melhor condomínio fechado do litoral norte, SP - Condomínio Costa Verde Tabatinga



Nécessaire de verão


Saiba o que levar em conta na hora de escolher os produtos que vão cuidar da sua beleza na estação mais quente do ano.



CABELO Prefira os produtos que tragam protetor solar na fórmula. As máscaras capilares também recuperam os fios ressecados.



ROSTO Use o filtro solar mesmo em lugares fechados. Reaplique- o a cada três horas. Se usar maquiagens, opte por cores suaves e texturas leves.



CORPO Alterne os tipos de sabonete. Não deixe de usar o exfoliante para remover células mortas. Hidratantes à base de uréia são bons para passar depois do sol, mas use apenas no corpo.



PÉS E MÃOS Empurre as cutículas ou remova apenas os excessos com a ajuda de cremes específicos para isso. Assim, você corre menos risco de infecções.



Confira a lista de produtos:

1. Xampu

Para dar suavidade e leveza depois do banho de mar. Bain Après-Soleil, Kérastase Soleil.

2. Água refrescante

Leve-a na praia ou no trabalho para amenizar o calor. Ox Solar para Rosa Chá.

3. Sabonete

O efeito iluminador ajuda a realçar o bronzeado. Lux Brilhe!

4. Redutor de cutículas

Hidrata e deixa as cutículas macias. Mira-Cuticle, Avon.

5. Alicate de unha

Leve-o na bolsa para usar em situações inesperadas. Merheje.

6. Hidratante corporal

Os de uréia diminuem o ressecamento da pele. Ureiactive, Dermage.


8. Sombras

O estojo com cinco cores é o suficiente para toda a estação. Palette Pop Cherub, Lancôme

9. Protetor labial

Reaplique-o a cada 30 minutos. Sun Protection Lip Treatment, Shiseido


10. Perfume

Fragrâncias de frutas e flores são suaves e refrescantes. Chance, Chanel

11. Gloss

Os cintilantes vão bem de dia e à noite. Cor de Boca, Duda Molinos


12. Máscara capilar

Revigora os cabelos ressecados e recupera o brilho. Gelée Fraîche, Kérastase Soleil

13. Filtro solar
fonte manequim - abril

maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154 casa da praia locação de temporada

vendas de imóveis no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

PEQUENO HISTÓRICO DO CONDOMÍNIO COSTA VERDE TABATINGA -


Clique no link para ver um pequeno histórico do Condomínio Costa Verde Tabatinga :



maria.luiza113@terra.com.br
casa da praia - aluguel de temporada
011 9535 8154 - consulte diárias

Conheçao o CCVT - Agende uma visita
renatomozart@terra.com.br
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Gosto de te ver ao sol, de te ver entrar no mar .... Casa da Praia - Locação de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.

As nossas pequenas, hoje já não pequeninas, nos escutaram cantarolar a canção por toda a infância.
Tempos tão bons quanto o de hoje.



casa da praia - locação de temporada - condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.
consulte valores de diárias - maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154

Vendas de Imóveis no CCVT - http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

Você sabe como surgiu o Carnaval ?? Casa da Praia- Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP - Locação de Temporada/Vendas de Imóveis de alto padrão


Festa popular, o carnaval ocorre em regiões católicas, mas sua origem é obscura. No Brasil, o primeiro carnaval surgiu em 1641, promovido pelo governador Salvador Correia de Sá e Benevides em homenagem ao rei Dom João IV, restaurador do trono de Portugal. Hoje é uma das manifestações mais populares do país e festejado em todo o território nacional.

Conceito e origem. O carnaval é um conjunto de festividades populares que ocorrem em diversos países e regiões católicas nos dias que antecedem o início da Quaresma, principalmente do domingo da Qüinquagésima à chamada terça-feira gorda. Embora centrado no disfarce, na música, na dança e em gestos, a folia apresenta características distintas nas cidades em que se popularizou.





O termo carnaval é de origem incerta, embora seja encontrado já no latim medieval, como carnem levare ou carnelevarium, palavra dos séculos XI e XII, que significava a véspera da quarta-feira de cinzas, isto é, a hora em que começava a abstinência da carne durante os quarenta dias nos quais, no passado, os católicos eram proibidos pela igreja de comer carne.





A própria origem do carnaval é obscura. É possível que suas raízes se encontrem num festival religioso primitivo, pagão, que homenageava o início do Ano Novo e o ressurgimento da natureza, mas há quem diga que suas primeiras manifestações ocorreram na Roma dos césares, ligadas às famosas saturnálias, de caráter orgíaco. Contudo, o rei Momo é uma das formas de Dionísio — o deus Baco, patrono do vinho e do seu cultivo, e isto faz recuar a origem do carnaval para a Grécia arcaica, para os festejos que honravam a colheita. Sempre uma forma de comemorar, com muita alegria e desenvoltura, os atos de alimentar-se e beber, elementos indispensáveis à vida.



Período de duração. Os dias exatos do início e fim da estação carnavalesca variam de acordo com as tradições nacionais e locais, e têm-se alterado no tempo. Assim, em Munique e na Baviera (Alemanha), ela começa na festa da Epifania, 6 de janeiro (dia dos Reis Magos), enquanto em Colônia e na Renânia, também na Alemanha, o carnaval começa às 11h11min do dia 11 de novembro (undécimo mês do ano). Na França, a celebração se restringe à terça-feira gorda e à mi-carême, quinta-feira da terceira semana da Quaresma. Nos Estados Unidos, festeja-se o carnaval principalmente de 6 de janeiro à terça-feira gorda (mardi-gras em francês, idioma dos primeiros colonizadores de Nova Orleans, na Louisiana), enquanto na Espanha a quarta-feira de cinzas se inclui no período momesco, como lembrança de uma fase em que esse dia não fazia parte da Quaresma. No Brasil, até a década de 1940, sobretudo no Rio de Janeiro, as festas pré-carnavalescas se iniciavam em outubro, na comemoração de N. Sra. da Penha, crescia durante a passagem de ano e atingia o auge nos quatro dias anteriores às Cinzas — sábado, domingo, segunda e terça-feira gorda. Hoje em dia, tanto em Recife (Pernambuco), quanto em Salvador (Bahia), o carnaval inclui a quarta-feira de cinzas e dias subseqüentes, chegando, por vezes, a incluir o sábado de Aleluia.



Carnaval no Brasil. Nem um décimo do povo participa hoje ativamente do carnaval— ao contrário do que ocorria em sua época de ouro, do fim do século XIX até a década de 1950. Entretanto, o carnaval brasileiro ainda é considerado um dos melhores do mundo, seja pelos turistas estrangeiros como por boa parte dos brasileiros, principalmente o público jovem que não alcançou a glória do carnaval verdadeiramente popular. Como declarou Luís da Câmara Cascudo, etnólogo, musicólogo e folclorista, "o carnaval de hoje é de desfile, carnaval assistido, paga-se para ver. O carnaval, digamos, de 1922 era compartilhado, dançado, pulado, gritado, catucado. Agora não é mais assim, é para ser visto".



Entrudo. O entrudo, importado dos Açores, foi o precursor das festas de carnaval, trazido pelo colonizador português. Grosseiro, violento, imundo, constituiu a forma mais generalizada de brincar no período colonial e monárquico, mas também a mais popular. Consistia em lançar, sobre os outros foliões, baldes de água, esguichos de bisnagas e limões-de-cheiro (feitos ambos de cera), pó de cal (uma brutalidade, que poderia cegar as pessoas atingidas), vinagre, groselha ou vinho e até outros líquidos que estragavam roupas e sujavam ou tornavam mal-cheirosas as vítimas. Esta estupidez, porém, era tolerada pelo imperador Pedro II e foi praticada com entusiasmo, na Quinta da Boa Vista e em seus jardins, pela chamada nobreza... E foi livre até o aparecimento do lança-perfume, já no século XX, assim como do confete e da serpentina, trazidos da Europa.



O Zé-Pereira. Em todo o Brasil, mas sobretudo no Rio de Janeiro, havia o costume de se prestar homenagem galhofeira a notórios tipos populares de cada cidade ou vila do país durante os festejos de Momo. O mais famoso tipo carioca foi um sapateiro português, chamado José Nogueira de Azevedo Paredes. Segundo o historiador Vieira Fazenda, foi ele o introdutor, em 1846, do hábito de animar a folia ao som de zabumbas e tambores, em passeatas pelas ruas, como se fazia em sua terra. O zé-pereira cresceu de fama no fim do século XIX, quando o ator Vasques elogiou a barulhada encenando a comédia carnavalesca O Zé-Pereira, na qual propagava os versos que o zabumba cantava anualmente: E viva o Zé-Pereira/Pois que a ninguém faz mal./Viva a pagodeira/dos dias de Carnaval! A peça não passava de uma paródia de Les Pompiers de Nanterre, encenada em 1896. No início do século XX, por volta da segunda década, a percussão do zé-pereira cedeu a vez a outros instrumentos como o pandeiro, o tamborim, o reco-reco, a cuíca, o triângulo e as "frigideiras".



As fantasias. O uso de fantasias e máscaras teve, em todo o Brasil, mais de setenta anos de sucesso — de 1870 até início do decênio de 1950. Começou a declinar depois de 1930, quando encareceram os materiais para confeccionar as fantasias — fazendas e ornamentos –, sapatilhas, botinas, quepes, boinas, bonés etc. As roupas de disfarce, ou as fantasias que embelezaram rapazes e moças, foram aos poucos sendo reduzidas ao mais sumário possível, em nome da liberdade de movimentos e da fuga à insolação do período mais quente do ano.



E foram desaparecendo os disfarces mais famosos do tempo do império e início da república, como a caveira, o velho, o burro (com orelhões e tudo), o doutor, o morcego, diabinho e diabão, o pai João, a morte, o príncipe, o mandarim, o rajá, o marajá. E também fantasias clássicas da commedia dell’arte italiana, como dominó, pierrô, arlequim e colombina — de largo emprego entre foliões e que já não tinham razão de ser, depois que a polícia proibiu o uso de máscaras nos salões e nas ruas... Aliás, desde 1685 as máscaras ora eram proibidas, ora liberadas. E a proibição era séria, bastando dizer que as penas, já no século XVII, eram rigorosíssimas: um proclama do governador Duarte Teixeira Chaves mandava que negros e mulatos mascarados fossem chicoteados em praça pública, e brancos mascarados fossem degredados para a Colônia do Sacramento...

Mas, na década de 1930, muitas daquelas fantasias ainda eram utilizadas, inclusive com máscaras. Entre elas estavam as de apache, gigolô, gigolete, malandro (camiseta de listras horizontais, calça branca, chapéu de palhinha, lenço vermelho no pescoço), dama antiga, espanhola, camponesa, palhaço, tirolesa, havaiana, baiana.



Aos poucos, os homens foram preferindo a calça branca e a camisa-esporte, até chegar à bermuda e ao busto nu, mas isso só depois da década de 1950; as mulheres passaram às fantasias mais leves, atingindo, depois, o maiô de duas peças e alguns colares de enfeite, logo o biquíni, o busto descoberto etc.



Bailes de carnaval. O carnaval europeu começou, na rua, com desfiles de disfarces e carros alegóricos; e, em ambiente fechado, com bailes, fantasias e máscaras. O carnaval carioca, certamente o primeiro do Brasil, surgiu em 1641, promovido pelo governador Salvador Correia de Sá e Benevides em homenagem ao rei Dom João IV, restaurador do trono de Portugal. A festa durou uma semana, do domingo de Páscoa em diante, com desfile de rua, combates, corridas, blocos de sujos e mascarados. Outro carnaval importante foi o de 1786, que coincidiu com as festas para comemorar o casamento de Dom João com a princesa Carlota Joaquina. Mas o primeiríssimo baile de máscaras aconteceu em 22 de janeiro de 1840, no hotel Itália, no largo do Rocio, no mesmo local em que se ergueria depois o teatro e depois cinema São José, na praça Tiradentes, no Rio. A entrada custava dois mil réis, com direito à ceia.



No entanto, a voga dos bailes carnavalescos em casas de espetáculos só se generalizou na década de 1870. Aderiram à moda o teatro Pedro II, o teatro Santana, e aí até os estabelecimentos populares entraram na dança, no Skating Rink, o Clube Guanabara, o Clube do Rio Comprido, a Societé Française de Gymnastique, em teatros que se alinhavam ao lado dos bailes públicos, mas em área social selecionada.



O carnaval se alastra: surgem "arrastados" em casas de família, bailes ao ar livre, bailes infantis e os pré-carnavalescos, bailes em circos, matinês dançantes. Afinal, certos bailes ganharam fama nacional e até internacional, realizados em grandes clubes, hotéis ou teatros: em 1908 houve o primeiro dos bailes do High-Life, que chegaram ao fim nos anos 40; em 1918 iniciou-se a tradição do baile dos Artistas, no teatro Fênix; em 1932, o primeiro grande baile oficializado, o do teatro Municipal, abriu caminho para muitos outros; e logo vieram os do Glória, Palácio Teatro, Copacabana Palace, Palace Hotel, Cassino da Urca, Cassino Atlântico, Cassino Copacabana, Quitandinha (em Petrópolis), Automóvel Clube do Brasil.



Em 1935, o Cordão dos Laranjas construiu um salão, em forma de navio, que "atracou" na Esplanada do Castelo, e ali se realizariam alguns dos mais alegres bailes de três ou quatro carnavais. E enquanto o Municipal iniciava concursos de fantasias de luxo (a princípio só femininas, e, depois dos anos 50, masculinas), os bailes que atraíam multidões eram os do Botafogo, Fluminense, Flamengo, Vasco da Gama, América. Bem familiares em suas primeiras versões, reunindo a sociedade abastada em trajes de gala, foram-se tornando cada vez menos bailes de fantasia. Já não se conseguia dançar, apenas pular, e à casaca e ao smoking juntavam-se o traje-esporte e o mulherio semidespido. E existiam os bailes gremiais como o das Atrizes, o Vermelho e Negro, o dos Pierrôs etc.



Banho de mar à fantasia. Nos bailes, as danças variavam, de polca, lundu e tanguinho a sambas, marchinhas, frevos, jongos e cateretês, com todos os participantes cantando, pulando e "fazendo cordão". Já nos banhos de mar à fantasia, porém, os foliões cantavam a plenos pulmões as músicas de sua preferência e também aquelas que eram divulgadas por discos e nos coretos municipais animados por bandas de música.



Os banhos de mar à fantasia criaram hábito no intervalo entre a primeira e a segunda Guerra Mundial. Os blocos e foliões trajavam fantasias de papel crepom e, após desfilarem nas praias, caíam na água, tingindo-a por horas, pois as fantasias de papel desbotavam fortemente. Havia, é claro, outro traje de banho, normal, sob aqueles carnavalescos e efêmeros.



Batalha de confete e corsos. O confete, a serpentina e o lança-perfume — os três elementos que, entre o início do século e a década de 1950 animaram o carnaval brasileiro de salão — também cooperaram para o maior êxito dos corsos que deram vida ao carnaval de rua. E neste, as batalhas de confete constituíam o momento culminante. A moda do corso, iniciada timidamente logo após a chegada dos primeiros automóveis, atingiria seus momentos de glória entre 1928 e a década de 1940. Consistia o corso numa passeata carnavalesca de carros de passeio conversíveis, de capota arriada, enfeitados de panos coloridos e bandeirolas, conduzindo famílias ou grupos de foliões que se sentavam não só nos assentos mas também sobre a capota arriada, sobretudo as moças fantasiadas de saias bem curtas, cantando ou jogando serpentinas e confetes nos pedestres, que se amontoavam nas beiras das calçadas para vê-las passar.



Essa gente motorizada brincava também com os ocupantes dos carros vizinhos e, por vezes, com os veículos rodando lentamente, emendavam o cortejo atirando montes de confete e milhares de metros de serpentina que enlaçavam os carros e se acumulavam no asfalto das avenidas a cada noite. O lança-perfume também era usado em profusão, enquanto a confraternização com os pedestres se ampliava não só através dos jatos de lança-perfume — o que abria caminho para conhecimentos mais íntimos, namoricos etc. — como também de caronas momentâneas na disputa de músicas entoadas por uns e por outros. Cada cidade possuía seu local de corso, e o do Rio de Janeiro ocorria, principalmente, na avenida Rio Branco (antiga avenida Central), mas a certa altura, em vários carnavais o corso se prolongava à avenida Beira-Mar, atingindo o Flamengo e Botafogo até o Pavilhão Mourisco, no final da praia.



Quase conseqüência do corso — que desapareceu com o advento das limusines e carros fechados — as batalhas de confete ocorriam em locais determinados que possuíssem torcidas bairristas organizadas ou blocos fortes para desenvolver a disputa — uma competição de canto, dança na rua e corso (nem sempre). Nas semanas ou meses que antecediam o tríduo de Momo, essas torcidas ou blocos organizavam as festas em que se gastavam quilos de confete e serpentina, litros de lança-perfume, e em que se dava a disputa entre as preferidas de cada agremiação. Tais batalhas se prolongavam, às vezes, até o amanhecer, algumas superando a empolgação dos dias de carnaval "legítimo". Pois ali se exibiam os blocos, os ranchos e os foliões avulsos.



Blocos, ranchos, grandes sociedades. No carnaval de rua era comum o "trote" e os blocos de sujos. O encontro de blocos resultava, às vezes, em batalhas campais de sopapos. Nos desfiles, entre os anos 1919 e 1939, destacavam-se os tradicionais ranchos, que desfilavam às segundas-feiras. Havia ainda as grandes sociedades, com seus carros alegóricos, repletos de mulheres bonitas, alegorias mitológicas, históricas e cívicas; carros de crítica política encerravam, no fim da noite de terça-feira gorda, os festejos. Tais agremiações se chamavam Tenentes do Diabo, Pierrôs da Caverna, Clube dos Democráticos, Fenianos, Congresso dos Fenianos, Clube dos Embaixadores etc.



A grande concentração popular se fazia na avenida Rio Branco, da Cinelândia até a rua do Ouvidor. A classe média alta preferia as imediações do Jóquei Clube, entre a avenida Almirante Barroso e a rua Araújo Porto Alegre. Alguns levavam seus próprios assentos, cadeiras e banquinhos, mais tarde substituídos por palanques e arquibancadas montados pela prefeitura. A segunda-feira era célebre não só pelo desfile de ranchos — que usavam fogos de artifícios coloridos –, mas também porque os freqüentadores do baile do Municipal eram observados pelo populacho, que ia admirar-lhes as fantasias. A Galeria Cruzeiro, hoje edifício Av. Central, era o ponto focal do trecho entre a rua São José e a avenida Almirante Barroso, a área de maior animação dos carnavalescos tradicionais, que cantavam e dançavam ao som das músicas lançadas nos palcos dos teatros de revista e nas emissoras de rádio.



Escolas de samba. As "escolas de samba" nasceram de redutos de diversão das camadas pobres da população do Rio de Janeiro, em sua quase totalidade negros. Reuniam-se para cultivar a música e a dança do samba e outros costumes herdados da cultura africana, e quase sempre enfrentavam ostensiva repressão policial. Para a formação desses redutos contribuiu decisivamente a migração de populações rurais nordestinas, que, atraídas para a capital em fins do século XIX, introduziram um mínimo de organização e de sentido grupal ao carnaval carioca, até então herdeiro do entrudo português.



No entanto, a denominação "escola" só vai surgir em 1928, com a criação da Deixa Falar, no bairro do Estácio. Ismael Silva (1905-1978), seu fundador, explicava o termo como decorrência da proximidade da Escola Normal, no mesmo bairro, o que fazia os sambistas locais serem tratados de "professor" ou "mestre". Posteriormente surgem diversas outras escolas, entre as quais Portela, Mangueira e Unidos da Tijuca. No começo, pouco se distinguiam dos blocos e cordões, com ausência de sentido coreográfico e sem qualquer caráter competitivo. Com o tempo, transformam-se em associações recreativas, abertas, cuja finalidade maior é competir nos desfiles carnavalescos, transformados em atração máxima do turismo carioca. De tal forma agigantam-se, que seus encargos — a partir da década de 1960 — equivalem aos de uma empresa, o que as obriga a funcionar por todo o ano, promovendo rodas de samba e "ensaios" com entrada paga, maneira de amenizarem os gastos decorrentes da preparação dos desfiles.



Com a oficialização dos desfiles, a partir de 1935, as escolas passam a receber subsídios da prefeitura, transformando-se, a partir de 1952, em sociedades civis, com regulamento e sede, elegendo periodicamente suas diretorias, inclusive um diretor de bateria, que comanda os instrumentos de percussão, e um diretor de harmonia, responsável pelo entrosamento de canto e orquestra. A escola desfila precedida de um abre-alas (faixa que pede passagem e anuncia o enredo) e da comissão de frente (dez a quinze sambistas, representando simbolicamente a diretoria da escola). A seguir, pastoras (antigas dançarinas dos ranchos), fazendo evoluções; mestre-sala e porta-bandeira; destaques; academia (coro masculino e bateria). O restante divide-se em alas, geralmente com coreografias especiais, e carros alegóricos. Apresentam sempre um tema nacional — lenda ou fato histórico — expresso no samba-enredo, base de todo o desfile.



Até 1932, quando foi organizado o primeiro desfile, as escolas limitavam-se a percorrer livremente as ruas, acompanhadas por populares. Naquele ano, o jornal Mundo Esportivo organizou um desfile na praça Onze, de que participaram dezenove escolas, saindo vitoriosa a Estação Primeira de Mangueira. No ano seguinte o número de concorrentes subiu para 29 e o desfile foi promovido pelo jornal O Globo, saindo vitoriosa novamente a Mangueira. Em 1934, ano em que foi fundada a União Geral das Escolas de Samba, a competição foi realizada no dia 20 de janeiro, em homenagem ao prefeito Pedro Ernesto, e a Mangueira alcançou o tricampeonato.



O interesse em fomentar a competição com atração turística começou em 1935, quando o certame foi apoiado pelo Conselho de Turismo da Prefeitura do então Distrito Federal, obtendo a Portela sua primeira vitória, ainda com o nome de Vai Como Pode. A partir daí, já estabelecido como promoção oficial do carnaval carioca, o desfile foi realizado sem interrupção, exceto nos anos de 1938 e 1952, quando as chuvas impediram a promoção.



O modelo se estendeu a todas as capitais brasileiras, excetuando-se duas: Salvador da Bahia e o conjunto Recife-Olinda, em Pernambuco.



Carnaval de Pernambuco e Bahia. O carnaval pernambucano, especialmente em Olinda e Recife, é um dos mais animados do país, e essa característica cresceu paralelamente à extinção do carnaval de rua na maior parte das cidades brasileiras, por causa do desfile das escolas de samba. As principais atrações do carnaval pernambucano — cujos bailes também são os mais animados — são, na rua, o frevo, o maracatu, as agremiações de caboclinhos, a imensa participação popular nos blocos (reminiscências modernizadas dos antigos "cordões") e os clubes de frevo. Em Recife e Olinda os foliões cantam e dançam, mesmo sem uniformes ou fantasias, ao som das orquestras e bandas que fazem a festa. Os conjuntos de frevo mais animados são os Vassourinhas, Toureiros, Lenhadores e outros.



Lembrando, pela cadência, os velhos ranchos, os maracatus estão ligados às tradições afro-brasileiras. Já os caboclinhos constituem outro tipo de agremiação folclórica, cujos desfiles são apenas vistos e aplaudidos.



A outra cidade em que a participação popular é costumeira, e onde todos cantam, dançam e brincam é Salvador. Uma invenção surgida na década de 1970 e que, à diferença do frevo, conseguiu contagiar outros estados e cidades, foi o trio elétrico — um caminhão monumental no qual se instalam aparelhos de som, equipados com poderosos alto-falantes que reproduzem continuamente as composições carnavalescas gravadas. Há ainda, como em Recife e Olinda, muitos populares que improvisam fantasias simples mas também adotam a postura galhofeira e vestem os disfarces de cinqüenta ou cem anos atrás. Tudo isto traduz bem o espírito momesco irreverente que impele a multidão à descontração total.



Músicas de carnaval. Durante o império, as músicas cantadas no período carnavalesco, no Brasil, eram árias de operetas, depois lundus, tanguinhos, polcas e até valsas. No início do século XX, predominaram, nas ruas, as cantigas de cordões e ranchos e, nos bailes, chorinhos lentos, polcas-chulas, marchas, fados, polcas-tangos, toadas e canções. Logo após a primeira guerra mundial, os palcos dos teatros-de-revista tornaram-se os lançadores das músicas de carnaval e iniciou-se, então, o domínio das marchinhas, maxixes, marchas-chulas, cateretês e batucadas. E também do samba, que, na era do rádio, entre 1930 e 1960, dividiu os louros com a marchinha, embora às vezes cedesse ao sucesso de um jongo, de uma valsa ou de uma batucada. O samba, nos salões e na rua, era absoluto. Mas desde fins do decênio de 1960, com a consolidação do desfile das escolas de samba, o samba e a marcha mergulharam no ostracismo, trocados pelo samba-enredo das escolas de samba.
fonte-miniweb.com.br

maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154 - consulte valores de diárias.
Vendas de Imóveis no Condomínio Costa Verde Tabatinga :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

ENERGÉTICO E DELICIOSO - Frapê de Bananas - Casa da Praia - Locação de Temporada no Condomínio Costa Verde Tabatinga - O MELHOR DO LITORAL NORTE - SP !!!!!


A ideia é afastar o calor e manter as baterias sempre carregadas para se aventurar durante a estação mais quente do ano. Por isso, anote a receita abaixo, que é puro deleite e garante uma dose extra de energia.


Ingredientes

4 bananas congeladas

½ litro de leite desnatado

4 cubos de gelo

3 colheres (sopa) de essência de baunilha

3 colheres (sopa) de mel



Modo de fazer

Descasque as bananas, corte-as em rodelas e coloque-as no refrigerador por, pelo menos, duas horas. Depois, tire-as de lá e jogue-as no liquidificador. Adicione o leite, a essência de baunilha, os cubos de gelo e o mel. Bata tudo até conseguir uma mistura perfeita (sem pedaços de gelo). Se for preciso, adicione um pouco mais de leite. Sirva em copo alto com canudo grosso.
fonte -Terra
maria.luiza113@terra.com.br - Casa da Praia - Locação de Temporada - CCVT consulte valores de diárias
011 9535 8154

Vendas de Imóveis no CCVT - Consulte :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

DENTISTAS DO BEM - Movimento Nacional - Caraguá já aderiu !!!! Saiba mais ....Casa da Praia - Locação/Vendas de Imóveis de alto padrão - Condomínio Costa Verde Tabatinga


O projeto Dentista do Bem, conta com o trabalho voluntário de cirurgiões-dentistas que atendem crianças e adolescentes de baixa renda gratuitamente até completarem 18 anos.


Os pacientes são selecionados em triagens entre crianças de 5ª a 9ª séries em escolas da rede pública ou em organizações sociais de todo o pais. A seleção aplica um índice de prioridade: as crianças beneficiadas são aquelas com os problemas bucais mais graves, mais pobres e com idade mais próxima do primeiro emprego. O tratamento, feito no consultório do próprio dentista-voluntário, é de caráter curativo, preventivo e educativo. Atualmente, o Dentista do Bem possui 5800 dentistas voluntários espalhados pelos 26 Estados e Distrito Federal. Mais de 70 mil crianças e adolescentes já foram triados pelo projeto e 12 mil estão em atendimento.

O dentista cadastrado pode atender uma ou mais crianças ou adolescentes, como preferir.

Além dos dentistas voluntários, o Dentista do Bem conta com a ação dos Coordenadores Regionais - cirurgiões-dentistas que são responsáveis pela implantação, divulgação e desenvolvimento do Projeto em sua cidade.



Para participar do projeto, o interessado deverá preencher o Termo de Compromisso do Cirurgião-dentista ou do Coordenador Regional e enviá-lo assinado via fax, para a Central de Atendimento da Turma do Bem.

Coordenadora em Caragua : Dra. Andrea M. Borges
Entre em contato pelo orkut : http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=as&uid=18402517560758898756
Quer saber mais sobre essa história?
Visite o site http://www.turmadobem.org.br/

maria.luiza113@terra.com.br   011 9535 8154 - Casa da Praia - locação de temporada - consulte valores de diárias

Vendas de Imóveis no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997

domingo, 17 de janeiro de 2010

VIVER BEM!!!! QUEM NÃO QUER??? Casa da Praia Locação de Temporada/Vendas de Imóveis no Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.



Opções inteligentes de lazer podem ajudá-lo a reduzir o estresse, fortalecer o sistema imunológico e aumentar a autoestima







Pela manhã, eles mal acordam e já estão no celular, resolvendo pro blemas do escritório. Na hora do almoço, não se alimentam direito, de tão preocupados que estão com a reunião das 16 h. À noite, quando chegam em casa, em vez de se refestelarem na cama para uma revigorante noite de sono, varam a madrugada na frente do computador.



Esforçados, detalhistas e exigentes, os workaholics - termo inglês que designa pessoas viciadas em trabalho - não sabem a hora de parar. E, nas raras vezes que conseguem, só pensam em metas, prazos e custos. "Pouquíssimas pessoas sabem viver. A grande maioria apenas sobrevive", afirma o preparador físico Nuno Cobra.



Abaixo o controle remoto

Pensando nisso, a VivaSaúde ouviu especialistas das mais diferentes áreas e preparou um roteiro com oito opções saudáveis e prazerosas para você aproveitar melhor o seu tempo livre. Acredite: há coisas mais interessantes a fazer do que simplesmente sentar na poltrona, pegar o controle remoto e zapear a televisão.



"O ideal é que as pessoas dediquem de 40 a 60 minutos do dia à prática de alguma atividade de lazer", analisa o cardiologista Marco Antônio de Mattos, diretor do Instituto Nacional do Coração (INC). "É importante escolher alternativas que reduzam o nível de estresse, já que esse é um dos principais fatores de risco para doenças cardíacas", alerta.



Repor energia

Algumas atividades são tão simples e corriqueiras, como ler um bom livro, dar uma gostosa gargalhada ou cantarolar a sua música favorita, que podem ser feitas em casa, ao acordar, ou antes de dormir. Outras, porém, como aprender a dançar, praticar uma luta e fazer um trabalho voluntário, exigem um pouco mais de planejamento e disciplina.



"Muitas pessoas alegam falta de tempo para praticar uma atividade. Mas, se o dia tivesse 36 horas, elas continuariam a reclamar do mesmo problema.



O que elas não sabem é que repor energia é tão importante quanto gastar", alerta a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Management Association (Isma).



1- Relaxar sobre duas rodas

Se existe uma maneira mais saudável e prazerosa de aproveitar o tempo livre, o empresário Alberto Borges de Almeida, 52, não conhece. Ele gosta tanto de pedalar que transformou o hobbie em profi ssão. Empresário do ramo, Alberto promove passeios ciclísticos no Rio de Janeiro (RJ), pelo menos duas vezes por semana. "Além de vender bicicletas, incentivo a prática do ciclismo. Há clientes que compram, usam uma única uma vez e, depois, a transformam em cabide de roupas", lamenta Alberto, que pedala 24 horas por semana. O que não faltam são motivos para quem deseja começar a pedalar ainda hoje. Além de ser considerada o meio de transporte mais "ecologicamente correto" que existe, a bicicleta também tonifi ca os músculos, melhora a respiração, previne doenças e gasta calorias.



Ao ar livre, uma hora de exercícios consome em torno de 350 calorias. No spinning, o gasto calórico pode chegar a 600. "Além de oferecer as mesmas vantagens que a corrida, andar de bicicleta não sobrecarrega as articulações porque não gera impacto", salienta o professor de Educação Física Carlos Ruhl, da Upper Sport Site Club, no Rio.



2- Cantar ou tocar um instrumento

Pode até não espantar os males, mas o canto ajuda a proporcionar bem-estar. É o que garante médicos das mais diferentes especialidades, que utilizam a música como recurso terapêutico no tratamento de doenças como hipertensão, ansiedade e câncer. "A musicoterapia é um excelente complemento a terapia convencional. A proposta é fortalecer emocionalmente o paciente para que ele aprenda a lidar melhor com os sintomas da doença", avalia a psicóloga e musicoterapeuta Cristiane Ferraz Prade, do Hospital Israelita Albert Einstein.



Estudos recentes garantem que a música potencializa a reabilitação de pacientes com quadros de doenças degenerativas do cérebro e melhora a coordenação motora de deficientes físicos. Durante sete anos, o psiquiatra Daniel Chutorianscy coordenou o projeto Conto com você - magia e encantamento no Hospital Infantil Getúlio Vargas Filho, em Niterói (RJ). Segundo ele, a iniciativa proporcionou uma redução de 30% no tempo médio de internação dos pacientes. "Música é um grande aliado terapêutico porque estimula imunologicamente o indivíduo", garante o psiquiatra.



3- Ser voluntário

Fazer o bem ao próximo, quem diria, é benéfico à saúde. Não só de quem recebe, mas, principalmente, de quem pratica a boa ação. Quem garante é o neurocientista Jorge Moll Neto, da Rede Labs-D'or, no Rio de Janeiro. A prática da boa ação, garante o especialista, alivia tensões, reduz o estresse, fortalece o sistema imunológico e aumenta a expectativa de vida dos voluntários.



Segundo Neto, praticar uma boa ação ativa uma área do cérebro chamada mesolímbica - a mesma que é acionada quando comemos chocolate ou ganhamos dinheiro. "Esse estudo comprova que, quando nos engajamos em um trabalho voluntário, experimentamos uma sensação de prazer e bem-estar, não somente enquanto realizamos tal tarefa, mas na vida como um todo. Se os egoístas não tinham uma boa razão para fazer o bem, agora eles têm!", brinca o neurocientista



4- Ler uma revista ou um livro

Ler está longe de ser a melhor opção para emagrecer. Em uma hora, o organismo consome apenas 126 calorias. Os especialistas, no entanto, garantem que, quando o assunto é manter o cérebro, digamos, "sarado", a leitura é imbatível.



"Nenhuma outra atividade mobiliza tantas variações da memória quanto a leitura de livros, jornais e revistas. Mas não basta simplesmente ler. É preciso refletir sobre o que está sendo lido", enfatiza o neurologista João Roberto Azevedo.



Além de apresentar problemas de memória e dificuldades de aprendizado, um cérebro sedentário também atrofia as células nervosas e torna o indivíduo mais suscetível a doenças.



É por essas e outras que o escritor e médico Moacyr Scliar aconselha o hábito da leitura a todos os seus leitores (e pacientes). Para ele, tão benéfico quanto ler um bom livro é exercitar a escrita. "Escrever um diário, ou manter contato com outras pessoas por cartas e e-mails, é um ótimo estímulo para as nossas células cerebrais", afirma o escritor. Scliar gosta tanto do tema que escreveu uma crônica bem-humorada sobre os efeitos terapêuticos da leitura. Em Ler faz bem à saúde, o escritor diz que, "entre ir à farmácia e comprar alguma substância duvidosa para fortificar o cérebro, ou escolher um bom livro, recomenda a última opção". E explica o porquê: "É mais eficiente, mais barata, dá mais prazer e, a menos que a pilha de livro na mesa de cabeceira caia em cima do leitor, não tem efeitos colaterais".



5- Dar uma boa gargalhada

Você já riu hoje? Se não esboçou nem um sorriso sequer, é bom se apressar. A ciência volta a confirmar a máxima de que "rir é o melhor remédio". A conclusão, desta vez, partiu do Centro Médico da Universidade de Maryland, nos EUA, que convocou voluntários para assistir a dois filmes: o drama O resgate do soldado Ryan e a comédia Quem vai ficar com Mary? Ao término da sessão, os pesquisadores verificaram que, ao soltar boas risadas, o fluxo arterial aumentou em até 50%, o que é ótimo para o funcionamento do coração. Mas rir não ativa apenas o sistema cardiovascular. Uma gargalhada reduz a tensão muscular, combate o estresse e reforça o sistema imunológico. "O riso produz uma sensação de relaxamento que é benéfica à saúde do indivíduo.



Em alguns casos, pode até ajudar na recuperação de um paciente hospitalizado porque equilibra a pressão arterial e a frequência cardíaca", afirma a neurocientista Silvia Helena Cardoso, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).



6- Namorar mais

Namorar faz bem ao organismo. E à autoestima também. É o que reafirma um estudo da Associação Americana para o Progresso da Ciência. A neurocientista Wendy Hill pesquisou o comportamento de 15 casais de estudantes, divididos em dois grupos. Enquanto os pares do primeiro grupo se beijaram durante 15 minutos (com direito à luz suave e música romântica), os do segundo grupo tiveram que se contentar em apenas conversar durante esse período.



Por meio da análise de sangue e urina dos participantes, a pesquisadora verificou que os níveis de cortisol - hormônio ligado ao estresse - dos membros do primeiro grupo despencaram, enquanto os do segundo grupo se mantiveram inalterados. O resultado da pesquisa não surpreendeu o psicólogo Thiago de Almeida, da USP, especialista em relacionamentos amorosos. Segundo ele, além de reduzir o estresse e aliviar as tensões, estar apaixonado ajuda a combater doenças, como ansiedade e depressão. "O amor fortalece o sistema imunológico contra agentes patogênicos, como vírus, fungos e bactérias", confirma.







7- Lutar pela boa forma

Para os que não têm lá muita paciência para enfrentar esteiras, supinos e abdominais nas academias de musculação, uma boa dica para manter a forma é ir à luta. Literalmente. A prática de algumas delas, como boxe, capoeira e caratê, entre outras, é excelente para desenvolver a musculatura cardíaca, aumentar a capacidade pulmonar e melhorar a coordenação motora. O hábito de distribuir jabs, arriscar uma "meia-lua de frente" ou fazer um ague uke - golpes típicos do boxe, da capoeira e do caratê, respectivamente - ajudam a liberar adrenalina, reduzir o estresse e aliviar tensões.



"Em vez de extravasar as tensões no chefe, no marido ou na sogra, os alunos descontam tudo no saco de areia. Muitos chegam de um jeito e vão embora de outro. Eles saem cansados fisicamente, mas revigorados psicologicamente", assegura o professor de Educação Física Edgar Martins, da Companhia Athletica, no Rio. A estudante Ana Cláudia Monteiro, 26, é das muitas que, na hora do estresse, corre para o ringue. "Antigamente, vivia estressada. Nos dias de TPM, então, nem se fala. Hoje, já me sinto melhor só de colocar as luvas. Não conheço válvula de escape melhor", elogia.



Reserve 40 minutos do seu dia para prática de alguma atividade, física ou mental. E prefira aquelas que aliviam o estresse



8- Dançar e se divertir

Samba, tango ou bolero. Não importa o ritmo, o que vale é dançar. É assim que pensa o casal Emídio e Maria Tereza. Casados há 35 anos, os dois passaram boa parte dos últimos três anos na Escola de Dança Marinho Braz, no Rio. Começaram a dançar por insistência dela. Com o colesterol nas alturas, Maria Tereza, 56, precisava fazer uma atividade física de qualquer maneira. "Nunca gostei de malhação, mas, desde pequena, adorava sambar. Quando o cardiologista viu o meu último exame, nem acreditou", brinca.



O taxista Emídio Moura, 65, não esconde de ninguém que começou a aprender a dançar meio a contragosto. Hoje, quando ele não pode ir à aula por algum motivo, só falta cair doente. "Cansei de ficar em casa, assistindo ao telejornal. Em vez de distrair a cabeça, fico ainda mais deprimido. Na academia, não. Quando aprendo uns passos novos, nem sinto o tempo passar. Além de exercitar a forma física, também faço novos amigos", ressalta.



Para a professora de dança Najla Coelho, 24, a lista de benefícios dessa atividade não tem fim: melhora a coordenação motora, combate o sedentarismo, previne doenças e tonifica os músculos.



O maior deles, porém, é melhorar a autoestima. "As salas espelhadas são um convite para os adeptos da dança cuidarem mais de si mesmos", afirma Najla, acrescentando que qualquer pessoa, "até quem jura que não leva jeito", pode aprender a dançar. Só é preciso ter motivação.



fonte - uol./Por André Bernardo/


maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154 - consulte valores de diárias.

Vendas de Imóveis de alto padrão no CCVT - http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9770 0871

sábado, 16 de janeiro de 2010

Frescobol para se divertir e queimar calorias na praia - Casa da Praia - Locação de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.



FRESCOBOL, ESPORTE DE VERÃO


Com apenas duas raquetes e uma bolinha você se exercita e queima calorias – muitas calorias

Já reparou que é quase impossível dar uma volta na praia e não ver duplas jogando frescobol? O motivo é que esse esporte é a cara do verão e vem conquistando cada vez mais espaço no litoral brasileiro.



Enquanto os atletas profissionais – sim, frescobol também vai além da diversão – preferem as raquetes de fibra, os amadores usam as de madeira, já que o importante mesmo é a brincadeira que o exercício proporciona.



Entre seus benefícios, o esporte ajuda a desenvolver força e velocidade, além de melhorar a concentração e a coordenação motora. Também estimula a parceria, pois um jogador depende do outro para manter a bolinha no ar. Quem quiser pode aproveitar o jogo para entrar em forma, já que, em apenas meia hora de atividade, perdem-se 180 calorias em média.



O jogo não tem restrição de idade ou peso, mas quem tem problemas na coluna deve evitar esforço, por conta do impacto causado pelos movimentos. Então, que tal curtir o verão jogando uma bolinha na areia? Veja onde comprar o material e divirta-se!
Fonte - terra.

maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154 - aluguel de temporada - casa da praia

vendas de imóveis no CCVT :
http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

"SORVETERAPIA" NESTE VERÃO - Aposte nesta idéia !!! Casa da Praia - Locação de Temporada - Condomínio Costa Verde Tabatinga - Litoral Norte SP.



"SORVETERAPIA" NESTE VERÃO


As ervas se mostram extremamente úteis em diversas funções. Além de serem ótimos temperos, deliciosos chás e terem sua parcela também no campo medicinal, agora demonstram que ficam deliciosas também em formato de sorvete.




A Stramondo Gelateria está trazendo para o mercado, neste verão, sabores exóticos e a mistura de frutas e plantas medicinais. A ideia é promover a “sorveterapia” e refrescar não apenas o corpo, mas a cabeça e o humor também. A estação mais quente de ano é também a mais propícia para a fitoterapia.



Os novos sabores são uma ótima escolha para quem quer fugir do tradicional e usufruir dos benefícios das ervas. As novidades ficam por conta dos sorvetes de melão com erva doce, limão com manjericão, limão com capim santo, melancia com gengibre, amora com alecrim e abacaxi com hortelã e gengibre. Veja, abaixo, as funções terapêuticas de cada um deles.



Amora com alecrim – O alecrim ajuda no combate a doenças como diabetes, cancro, insuficiência renal e também é utilizado para aliviar dores de garganta, além de auxiliar na cicatrização de problemas bucais.



Limão com manjericão – O manjericão é um sedativo suave, que pode ser usado para combater dor de cabeça, gastrites, vômitos, problemas do aparelho urinário e dores de estômago.



Limão com capim santo – O capim santo diminui a ansiedade, aumenta o sono, diminui cólicas menstruais e intestinais, dores de cabeça, febre, acnes, celulites, sardas, além de tratar a ansiedade e o nervosismo.



Melancia com gengibre – De sabor picante, intenso e perfumado, o gengibre excita a mucosa bucal, aumenta a salivação, reforça a secreção da enzima amilase (que atua na digestão dos amidos), estimula os movimentos intestinais, favorece a irrigação sanguínea na boca e tem a propriedade de combater os sintomas do enjoo.



Abacaxi com hortelã e gengibre – Este sabor, além das propriedades do gengibre, oferece também os benefícios da hortelã, que atua para aliviar dores abdominais, gripes e resfriados, combate cólicas e desobstrui as vias respiratórias, por ser expectorante.



Melão com erva doce – A erva doce é digestiva, diurética e expectorante. Facilita a digestão, alivia cólicas intestinais, acalma a excitação nervosa e a insônia.
fonte terra.
maria.luiza113@terra.com.br - 011 9535 8154
consulte valores de diarias
- locação de temporada
vendas de imóveis no CCVT - http://www.renatomozartimoveis.blogspot.com/
012 9738 2997